Ainda Gosto Meu Ex. Como Aceitei Essa Dura Realidade

18 May 2019 05:20
Tags

Back to list of posts

<h1> R&ocirc;mulo Arantes, Pra Casar Com Anitta Necessita de Ser Muito Macho </h1>

<p>A melhor forma de passar um relacionamento que n&atilde;o de direito &eacute; a reflex&atilde;o. Depois de bastante tempo, de tanto quebrar a cara, eu aprendi que no momento em que n&oacute;s negamos o que sentimos (mesmo quando s&oacute; estamos tentando nos proteger), a nega&ccedil;&atilde;o acaba tirando nosso poder pessoal. Tais como, narrar que n&atilde;o desejamos distinguir a nossa humilha&ccedil;&atilde;o sobre isto algo ocorrido no passado, e nos refutar.</p>

<p>O que acaba acontecendo &eacute; que nos sentimos derrotados, impotentes e fragmentados, mesmo que o nosso prop&oacute;sito possa ter sido autopreserva&ccedil;&atilde;o. Esse modo &eacute; contra-produtivo. Por extens&atilde;o, tenho tamb&eacute;m aprendido que &eacute; muito mais f&aacute;cil dar afeto e condol&ecirc;ncia para si mesmo quando voc&ecirc; reconhece a sua verdade - n&atilde;o importa o qu&atilde;o penoso, embara&ccedil;oso ou trabalhoso seja. Cinco anos atr&aacute;s, eu acabei de terminar um relacionamento com um homem que eu amava profundamente, e eu acreditava que ele seria meu marido. Esta conex&atilde;o foi desigual de todas as outras que eu tive.</p>

<p>Havia alguma coisa intang&iacute;vel e inef&aacute;vel 'Participei De Uma Sexy Party': Carnaval &eacute; &eacute;poca De Se Libertar Sexualmente? do outro. Foi magn&eacute;tico, gravitacional. E n&atilde;o era o tipo de atra&ccedil;&atilde;o t&oacute;xica (confie em mim: eu tenho experi&ecirc;ncia bastante pra dominar a diferen&ccedil;a). Em in&uacute;meras ocasi&otilde;es, tentei entender por que qualquer coisa t&atilde;o amplo foi t&atilde;o errado - e bem como &eacute; assim que eu n&atilde;o tenho sido apto de estar em um relacionamento saud&aacute;vel desde em vista disso. H&aacute; alguns anos, eu nunca teria escrito qualquer um desses sentimentos e nem ao menos teria exposto tudo o que sinto desta maneira. Por&eacute;m eu aprendi que o poder pessoal reside em deter suas emo&ccedil;&otilde;es, mesmo se tudo que voc&ecirc; quer fazer &eacute; engoli-los em invisibilidade.</p>

<p>Em um n&iacute;vel, eu deixei meu namorado de quatro anos ou mais, j&aacute; que eu estava com terror. Acho que eu nunca digeri inteiramente o caso de que pela cultura da minha fam&iacute;lia, &eacute; esperado que voc&ecirc; saia de casa pra fazer escola, por&eacute;m bem como que voc&ecirc; vai retornar para moradia quando voc&ecirc; se casar e ter filhos. Senti uma vasto vergonha ap&oacute;s o fim do meu relacionamento. Sentimentos de indignidade me consumiam. Eu percebi que o encerramento do relacionamento foi levando mais do que somente amargura sobre isto uma ocorr&ecirc;ncia isolada: senti, em vez disso, quest&otilde;es sobre isso minha compet&ecirc;ncia de gostar e de me comprometer.</p>
<ol>

<li>13 &quot;Concurso de Lindeza / Brilho No Ritmo&quot;</li>

<li>dez - N&atilde;o seja acess&iacute;vel</li>

<li>Busque a pessoa de Deus onde ela possa estar</li>

<li>Ao Vivo</li>

<li>Fa&ccedil;a o se notar especial</li>

<li>Esquentar aquele relacionamento que est&aacute; frio</li>

<li>Ferramentas de persuas&atilde;o proibidas</li>

<li>&quot;Princesa Excremento (PT)</li>

</ol>

<p>Pensei que talvez eu n&atilde;o conseguisse fazer funcionar a liga&ccedil;&atilde;o com algu&eacute;m que eu amava em tal grau! Esta cren&ccedil;a limitante me levou a tentar um relacionamento doentio ap&oacute;s o outro, desta maneira eu n&atilde;o tenho que encarar a desonra e p&acirc;nico ao redor destas quest&otilde;es. Era menos dif&iacute;cil perseguir a excita&ccedil;&atilde;o de um novo relacionamento do que suportar com as emo&ccedil;&otilde;es negativas que foram fervendo sob a superf&iacute;cie.</p>

<p>A afli&ccedil;&atilde;o, a vergonha e a responsabilidade que eu sentia se disfar&ccedil;aram como ang&uacute;stia flutuante e depress&atilde;o generalizada. Eu reprimi tal minhas emo&ccedil;&otilde;es que quando eu tinha uma ligeira queda por uma pessoa, eu ficava t&atilde;o inquieta que meus sentimentos mal cabiam em mim. A ansiedade e a depress&atilde;o me fizeram perder a minha certeza, minha cren&ccedil;a e auto-estima.</p>

<p>No momento em que eu levei um tempo para ouvir minhas emo&ccedil;&otilde;es internas e n&atilde;o minha cabe&ccedil;a, eu percebi uma verdade significativa: ele tirou o melhor de mim, de fato. Eu sabia que por causa dele, eu me senti excitada, inspirada, segura, engra&ccedil;ada, digna e amada. Epis&oacute;dios De 'As Aventuras De Poliana', De treze A 17 De Agosto me mostrou um vislumbre do meu potencial, contudo ele estava apenas refletindo de volta pra mim as melhores partes de mim mesma. Eu bem como sabia que eu ainda o amava. E que am&aacute;-lo ainda era penoso com o objetivo de mim. Todavia aceitei que esse sentimento ainda est&aacute; presente, e o que eu ainda sinto &eacute; o que vai me permitir achar um outro afeto de novo, no futuro. Um dia, deixei a responsabilidade e a vergonha irem ainda que. Shortinho Deixa O Look Vulgar? inv&eacute;s sentir pena de mim mesma, eu percebi que estava indo pela dire&ccedil;&atilde;o certa. Eu era apto de elaborar um relacionamento e uma exist&ecirc;ncia em comum com algu&eacute;m de novo.</p>

<p>Inaugura um Mercado no Bairro que vai despertar a curiosidade dos moradores e a afli&ccedil;&atilde;o dos comerciantes devido a da concorr&ecirc;ncia. Eng. Ramires abre os novos escrit&oacute;rios pra comunidade com Margarida e Clara e Ant&oacute;nio &eacute; nomeado chefe de vendas. Toni e Ilda passam uns dias fora juntos, est&atilde;o muito apaixonados. D. Vit&oacute;ria e Nani fazem aposta pra ver qual &eacute; a melhor vendedora.</p>

<p>Abre um Supermercado no Bairro o que &eacute; uma enorme inova&ccedil;&atilde;o. Self-service n&atilde;o era tradicional para a &eacute;poca, a sopa de pacote e peixe congelado ir&atilde;o parar &agrave; mesa dos Lopes. Carlitos e seus amigos n&atilde;o fogem e apanham uma barrigada de Tulicreme. Toni insiste em almejar casar com Ilda e v&atilde;o pronunciar-se com o Padre Victor. Carlitos e amigos preocupados com o colega Tom&eacute; que est&aacute; desgostoso por os pais se terem separado.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License